Contactos
Av. 5 de Outubro, Faro 8004-069 Faro
289826007

Oferta Formativa

Consulte informações sobre a oferta formativa

Documentos

Consulta e download de documentos e formulários.

Legislação

Consulte a legislação em vigor

Encontra as outras  edições no separador DOCUMENTOS

DIVULGAÇÃO

290

PRIMEIROS PASSOS COM A CALCULADORA GRÁFICA - INICIAÇÃO
Professores dos grupos 230, 500 e 510

Curso

 

25.0 horas

 

Presencial

 

Professores dos grupos 230, 500 e 510

Escola Paula Nogueira

Este curso de formação é elaborado e destinado ao professores do ensino básico e secundário, docentes das disciplinas de Matemática, Matemática/Ciências da Natureza e/ou Matemática/Ciências Físico – Química do grupos 230, 500 e 510 respetivamente. Este curso visa desenvolver competências específicas dos ...
Ler mais Ler menos

Ref. 128T1 Inscrições abertas até 12-10-2022

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-111880/21

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 25.0 horas

Início: 19-10-2022

Fim: 07-12-2022

Regime: Presencial

Local: Escola Paula Nogueira

Formador

Luís Filipe dos Santos Lopes da Mota Pinto

Destinatários

Professores dos grupos 230, 500 e 510

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos grupos 230, 500 e 510. Mais se certifica que, para os efeitos previstos no artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos grupos 230, 500 e 510.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação Ria Formosa

Razões

Este curso de formação é elaborado e destinado ao professores do ensino básico e secundário, docentes das disciplinas de Matemática, Matemática/Ciências da Natureza e/ou Matemática/Ciências Físico – Química do grupos 230, 500 e 510 respetivamente. Este curso visa desenvolver competências específicas dos professores na utilização da calculadora gráfica, ajudando-os no desenho de gráfico e trabalho no menu da estatística, suscitando a curiosidade dos alunos para que assim possam investigar, explorar e descobrir a matemática / física - química no dia-a-dia. Com este curso, pretende-se juntar a tecnologia com a educação, permitindo que as matérias lecionadas possuam uma componente mais prática e dinâmica. Pretende-se também sensibilizar os docentes do 2º e 3º ciclos para a importância da utilização das funcionalidades da máquina de calcular gráfica como ferramenta pedagógica em sala de aula.

Objetivos

Pretende-se que os docentes, que não se encontram tão familiarizados com as calculadoras gráficas da Casio, possam começar a manusear as mesmas. Pretende-se que os docentes saibam representar gráficos na calculadora (ou no emulador), saibam extrair e calcular todos os tipos de pontos, para que assim possam usufruir de uma forma mais eficaz e eficiente das potencialidades de uma calculadora gráfica na sala de aula. Pretende-se que os docentes saibam calcular regressões, retas de regressão e respetivos gráficos. Será utilizado o menu da Estatística. Pretende-se sensibilizar os docentes para a utilização das funcionalidades das calculadoras gráficas como ferramenta pedagógica, permitindo aos alunos compreender melhor os conteúdos.

Conteúdos

Instalação e explicação do software a usar durante a formação Iniciação à calculadora gráfica Utilização e explicação do teclado Breve explicação dos menus da janela principal Explicação dos sub-menus Opções (OPTN); Explicação do ecrã de onfiguração Menu Run / Mat Calculo Manual Cálculo Diferencial Conversão de unidades Utilização dos menus Gráficos) Menu Gráficos Gráficos cartesianos, polares e paramétricos. Gráficos de funções definidas por ramos Gráficos de inequações Gráficos de derivadas tudo de gráficos: zeros; máximos e mínimos, intercepção de dois gráficos, coordenadas de um ponto e derivada de uma função num ponto. Retas tangentes Tabelas e gráficos Tabelas de funções reais de variável real Utilização dos menus Estatísticos, Estatística cálculos estatísticos de distribuições com um variável (moda, média, quartis, mediana, desvio padrão, ...; cálculos com a distribuição normal) cálculos estatísticos com distribuições bidimensionais (regressão linear, polinomial, exponencial logarítmica, sinuosidade, ..., estimação de valores) gráficos estatísticos (gráfico de barras, histogramas, diagrama de extremos e quartis,...) Gráficos das folhas de cálculo Utilização da função CALC na folha de calculo (média, moda, mediana, desvio padrão, etc) AVALIAÇÃO

Metodologias

Sessões de trabalho teórico-práticas, estando previstas 7 horas teóricas, 15 horas práticas e 3 horas para avaliação e/ou reflexão sobre a ação de formação

Avaliação

A avaliação dos formandos é feita de modo contínuo com base na participação nas sessões. No final, propõe-se a realização de uma reflexão escrita em que seja revelada a consolidação dos conteúdos abordados, evidenciando a aplicação em contexto das temáticas tratadas durante a formação. Os formandos serão avaliados de 0 a 10 valores, conforme Carta Circular n.º 3 de 2007, utilizando os parâmetros de avaliação estabelecidos pelos formadores e respeitando todos os dispositivos legais da avaliação contínua

Bibliografia

- Manuais de instruções de calculadoras CASIO - “Matemática Aplicada às ciências sociais” – Texto Editora – Elisabete Longo; Isabel Branco - “Xeq Mat” – 10º Ano e 11º Ano – Editorial O livro e Texto Editora – Francelino Gomes; Cristina Viegas; Yolanda Lima - “Física na Nossa Vida” – Porto Editora – M. Margarida R. D. Rodrigues; Fernando Morão Lopes Dias

Anexo(s)


Observações

19/10/2022 - 18h00-20h30 26/10/2022 - 17h00-20h30 02/11/2022 - 17h00-20h30 09/11/2022 - 17h00-20h30 16/11/2022 - 17h00-20h30 23/11/2022 - 18h00-19h30 03/12/2022 - 8.30- 13.00 (a confirmar o horário) 07/12/2022 - 17h00-19h30


INSCREVER-ME

290
320

A ORQUESTRA DOS BRINQUEDOS DE LISBOA E A SALA DE AULA
Critério de seleção - ordem de inscrições

ACD

 

3.0 horas

 

Presencial

 

Educadores de Infância; Professores do 1º Ciclo; Professores do 2º Ciclo;

A DEFINIR ( em Faro) 17h00 às 20h00

Partilha, reflexão e simulação de processos e estratégias de trabalho com crianças do Pré-Escolar, 1.º e 2.º ciclos do Ensino Básico com os respetivos professores e educadores. Estruturação de estratégias de trabalho nos vértices da audição, interpretação e criação, como pontos-chave para uma educação ...
Ler mais Ler menos

Ref. 236T1 Inscrições abertas até 17-10-2022

Registo de acreditação: 236

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 20-10-2022

Fim: 20-10-2022

Regime: Presencial

Local: A DEFINIR ( em Faro) 17h00 às 20h00

Destinatários

Educadores de Infância; Professores do 1º Ciclo; Professores do 2º Ciclo;

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância; Professores do 1º Ciclo; Professores do 2º Ciclo;. Mais se certifica que, para os efeitos previstos no artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância; Professores do 1º Ciclo; Professores do 2º Ciclo;.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação Ria Formosa/ FOCO MUSICAL PORTUGAL

Razões

Partilha, reflexão e simulação de processos e estratégias de trabalho com crianças do Pré-Escolar, 1.º e 2.º ciclos do Ensino Básico com os respetivos professores e educadores. Estruturação de estratégias de trabalho nos vértices da audição, interpretação e criação, como pontos-chave para uma educação musical plena, a pretexto da divulgação do programa UMA VIAGEM PELA HISTÓRIA DA MÚSICA TONAL da Orquestra dos Brinquedos de Lisboa que se irá trabalhar em projeto. Para este projeto em específico, temos como objetivo o (re)conhecimento de alguns compositores de charneira, identificando a corrente estética e período histórico associados. O despertar de competências na distinção tímbrica dos instrumentos é, também, um dos grandes objetivos destas sessões.

Conteúdos

Em CONTEXTO TEÓRICO (CT) abordar-se-ão os contextos e políticas pedagógicas seguidas pela Foco Musical na construção, nomeadamente, do projeto a trabalhar; as mais-valias genéricas, do ponto de vista das aprendizagens significativas, da estratégia da Audição Musical Ativa (AMA) e Participada (AMP) como prioritária nos processos de aproximação à música erudita; como se organizam categoricamente os instrumentos musicais na música erudita em contexto de orquestra e a sua relação com os instrumentos/brinquedo utilizados pela Orquestra dos Brinquedos; por último abordar-se-ão sucintamente as grandes correntes estéticas da história da música, através de balizas cronológicas e da exposição dos compositores de charneira, com exemplos sonoros e estabelecendo relação com seus contemporâneos nas outras artes, na literatura e na ciência. Em contexto de PRÁTICA SIMULADA (PS), a partir da exploração do repertório abordado construir-se-ão instrumentos a partir de material de desperdício e experienciar-se-á a forma enquanto estrutura arquitetónica de uma peça musical, através do movimento corporal e de esquemas visuais. Por último, serão trabalhadas as peças a preparar na sala de aula, para intervenção a partir da plateia.



INSCREVER-ME
319

UMA BIBLIOTECA ILUSTRADA COM DANUTA WOJCIECHOWSKA
Critério de seleção - ordem de inscrições

ACD

 

4.0 horas

 

Presencial

 

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Biblioteca Municipal Ramos Rosa das 14 às 18h


Ler mais Ler menos

Ref. 230T1 Inscrições abertas até 17-10-2022

Registo de acreditação: 230

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 4.0 horas

Início: 22-10-2022

Fim: 22-10-2022

Regime: Presencial

Local: Biblioteca Municipal Ramos Rosa das 14 às 18h

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação Ria Formosa/ BIBLIOTECA RAMOS ROSA



INSCREVER-ME

CAPACITAÇÃO DIGITAL DE DOCENTES NÍVEL 3
Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial

Oficina

 

50.0 horas

 

Presencial

 

Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial

Local a definir

O Quadro Europeu de Competência Digital para Educadores, da Comissão Europeia (DigCompEdu), pretende promover a competência digital (CD) e a inovação na educação. É essencial que os docentes desenvolvam um conjunto de CD, de modo a tirar partido do potencial das tecnologias digitais. Esta ação visa ...
Ler mais Ler menos

Ref. 210T0 Inscrições abertas até 29-09-2022

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-109824/20

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas

Início: 30-01-2023

Fim: 29-05-2023

Regime: Presencial

Local: None

Destinatários

Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Ensinos Básico e Secundário, Professores de Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação Ria Formosa

Razões

O Quadro Europeu de Competência Digital para Educadores, da Comissão Europeia (DigCompEdu), pretende promover a competência digital (CD) e a inovação na educação. É essencial que os docentes desenvolvam um conjunto de CD, de modo a tirar partido do potencial das tecnologias digitais. Esta ação visa contribuir para desenvolver as competências digitais dos docentes do sistema educativo e formativo nacional (nível 3) e a sua capacidade para implementar estratégias inovadoras de ensino e de aprendizagem. Ambiciona-se criar condições favoráveis a práticas educativas que se revelem promotoras do desenvolvimento de CD dos alunos. Conjuntamente com esta formação, serão submetidas outras duas, articuladas ao nível da progressão dos conteúdos.

Objetivos

Pretende-se desenvolver com os docentes de nível 3 (C1/C2 do DigCompEdu) um conjunto de conhecimentos e de processos que lhes permita potenciar as suas competências digitais na promoção de estratégias e ações inovadoras na comunidade educativa. São objetivos específicos: - formular estratégias pedagógicas inovadoras e promotoras das CD dos docentes e alunos; - capacitar os docentes para a realização de atividades com tecnologias digitais em diferentes modalidades de ensino; - promover o desenvolvimento de ações que contribuam para os Plano de Ação para o Desenvolvimento Digital das suas escolas; - promover e estimular a reflexão, a partilha e a utilização crítica das tecnologias digitais em contexto educativo.

Conteúdos

Os conteúdos da ação surgem, em sentido articulado e incremental, com os conteúdos da formação de nível 1 e 2. - Exploração de documentos de enquadramento das políticas educativas. - Discussão, renovação e inovação na prática profissional. - Reflexão em torno de conceitos relacionados com escolas, professores e alunos digitalmente competentes. - Utilização das tecnologias digitais na colaboração e inovação pedagógica ao serviço da comunidade educativa. - Estratégias e metodologias relacionadas com o desenvolvimento curricular através de ambientes e ferramentas digitais. - Estratégias digitais de caráter científico-pedagógico promotoras do desenvolvimento profissional dos docentes. - Planeamento de atividades didático-pedagógicas promotoras do desenvolvimento da competência digital dos alunos. - Conceção de Planos de Ação para o Desenvolvimento Digital: conceitos, metodologias de desenvolvimento, implementação, monitorização, avaliação.

Metodologias

As sessões presenciais são destinadas à exploração do referencial DigCompEdu e reflexão sobre a articulação entre as áreas de competência; à realização de atividades práticas inovadoras num ambiente colaborativo, de partilha e de reflexão; à exploração de ferramentas digitais para o desenvolvimento de atividades de aprendizagem promotoras da colaboração, comunicação, partilha e avaliação; à reflexão crítica sobre o desenvolvimento da componente de trabalho autónomo. Ao longo das sessões conjuntas estimular-se-á a criação e/ou participação e colaboração em comunidades de prática neste âmbito. No trabalho autónomo pretende-se estimular a planificação e conceção de ações que contribuam para a criação dos Planos de Ação de Desenvolvimento Digital, bem como para a sua regular monitorização e posterior avaliação. Na última sessão presencial os formandos apresentarão os resultados dessas atividades, com evidências, proporcionando-se momentos para a partilha e reflexão.

Avaliação

Aplicação do determinado no regime Jurídico da Formação Contínua de professores, Decreto-lei nº 22/2014, de 11 de fevereiro, conjugado com o Despacho nº 4595/2015, de 6 de maio e com o “Regulamento para Acreditação e Creditação de Ações de Formação Contínua. A classificação de cada formando será realizada na escala de 1 a 10 conforme indicado no Despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio, respeitando todos os dispositivos legais da avaliação contínua e tendo por base a participação/contributos e o trabalho final individual elaborado e apresentado pelos formandos.

Bibliografia

Comissão Europeia (2020). Blended learning in school education – guidelines for the start of the academic year 2020/21. Disponível em: https://www.schooleducationgateway.eu/pt/pub/resources/ publications/blended-learning-guidelines.htm Comissão Europeia (2018). Plano de Ação para a Educação Digital. Disponível em: https://eur-lex.europa.eu/legal-content/PT/TXT/PDF/?uri=CELEX:52018DC0022&from=EN EU Science Hub (2018). Self-reflection tool for digitally capable schools (SELFIE). Disponível em: https://ec.europa.eu/jrc/en/digcomporg/selfie-tool Lucas, M., & Moreira, A. (2018). DigCompEdu: Quadro Europeu de Competência Digital para Educadores. Aveiro: UA Editora. Licht, A.H, Tasiopoulou, E., & Wastiau, P. (2017). Open Book of Educational Innovation. European Schoolnet, Brussels. Disponível em: http://www.eun.org/documents/411753/817341/ Open_book_of_Innovational_Education.pdf


Observações

Após o fecho das inscrições, enviaremos o cronograma e o local de realização - presencial


INSCREVER-ME

307